Calendário - Teatro Prevent Senior Faça seu evento
Teatro Prevent Senior

Amigas Pero No Mucho

 

Mais uma temporada com essas amigas que todos queriam ter, mas não ser!

Há 13 anos em cartaz esse comédia irreverente de Célia Forte estreia no Teatro Prevent Senior com apresentações sábados 20h e domingos 18h

De 07 de março a 05 de abril
Sábados às 20h | Domingos às 18h
Sessões extras dias 22 e 29 de março às 16h

Em fevereiro de 2007, a comédia Amigas, pero no mucho, estreava no Teatro Renaissance inaugurando o horário da meia noite. O sucesso foi tanto com elenco de atores interpretando as quatro amigas, que, desde então percorre teatros de São Paulo, com temporada também no Rio de Janeiro.

Ganhou montagem baiana, com apresentações em várias capitais do nordeste e até em Angola. O texto foi traduzido para o espanhol, alemão e inglês. Treze anos depois, as amigas seguem em cartaz, em nova temporada no Teatro Prevent Senior com apresentações aos sábados e domingos até 05 de abril.

Mais de 170 mil pessoas riram com as incríveis situações criadas pela jornalista e produtora cultural Célia Forte, que, com muita sagacidade e humor, retrata situações vividas pelas quatro mulheres nesses tempos modernos  que tentam dar conta de tudo: cotidiano, corpo, mente, trabalho, família e amizade, coisinhas simples típicas do universo feminino.

Com direção de José Possi Neto e composição musical de Miguel Briamonte, essa epopeia se dá através do encontro de quatro amigas em uma tarde de sábado, onde todas – ou quase todas – as roupas sujas são lavadas por elas. Com humor cáustico, ironia e irreverência, elas falam sobre suas dissimulações, devaneios e loucuras. Quatro mulheres bem-sucedidas – ou não – comuns e sofisticadas que numa única tarde fazem revelações que as surpreendem e surpreendem o público que tem lotado todas as plateias por onde elas passam. Mulheres que se amam e se odeiam ao mesmo tempo. Amigas, enfim.

Amigas, pero no mucho, faz história no cenário da comédia brasileira por sua capacidade de entreter plateias que se reconhecem ou reconhecem alguém

de seu convívio numa das quatro personagens:

Elias Andreato é Fram, 50 anos – Divorciada, dois filhos que moram com o pai. É a mais velha das quatro amigas. Já passou dos 50 anos, mas quer parecer 30. Ninfomaníaca. Fala muito palavrão quando está sozinha, em público jamais. Faz meditação, mas quando está com raiva, tem tiques nervosos.

Leandro Luna é Sara, 35 anos – Solteira. Executiva. A mais reservada. Parece ser fria, mas esconde grande esperança. Fuma descontroladamente. Não perdoa as amigas, mas pouco se importa com a opinião dos outros. Desconfiada. Odeia as hipocrisias de Fram.

Raphael Gama é Debora, 40 anos – Divorciada, sem filhos. Inteligente, perspicaz, irônica, mas tipo dona da verdade. Sempre tem uma consideração a fazer, tentando que sua opinião prevaleça. Idealiza o amor. Come compulsivamente.

Romis Ferreira é Olívia, 40 anos – Casada com filhos. Foi rica, não é mais. Tem que dirigir sua VAN que leva crianças para a escola. Julga-se sempre perseguida. Está sempre perguntando: O que vocês estão falando de mim? Exalta o marido, Alfredo, para as amigas.

Datas